Cada Dia, o Ano Todo!
Dezembro
D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031    
BUSCA:
  

Menu Principal

INICIANTES
    Evangelismo
    Principiantes
    Discipulado
    Discipulador
    Introdução à Bíblia
    Apostilas
AVANÇADO
    Homilética
    Hermenêutica
    Religiões
    Seitas
    Doutrinas
    História da Igreja
VIDA CRISTÃ
    Aos Cristãos em Geral
    Aconselhamento
    Minhas Pérolas
    Finanças
BÍBLIA
    As Escrituras
    VT - Diversos
    VT - História
    VT - Livros
    VT - Sinopse
    NT - Diversos
    NT - História
    NT - Livros
    NT - Sinopse
    Mapas
    Cronologias
    Provérbios
    Salmos
    Panorâmica
    Bíblia Toda em Um Ano
    Esquemas Mensais
ELES / ELAS
    Casais
    Homens
    Líderes
    Liderança
    Maná da Segunda
    Mulheres
    Dicas
    Receitas
EBD / EBF
MISSÕES
    Missões
    Missionários
    Diversos
DIVERSOS
    Hoje
    De a A a Z
    Folhetos
    Reflexões
    Eventos
    Dias Especiais
    Ocasiões
    Publicações

08 25 QUEM é O INIMIGO? oc Rv
12.01 frisson de Natal
11. 15 Antecipe o Natal nov dks
..Natal, na cozinha? dks
07 09 Dever de consci~ oc
* 11.23 Oc...*GRATIDÃO (maná)
11.24 *Dia de Graças. lei oc
05 07 Faça um cartão oc
12 01...* PRÁTICAS dks
03 20 Início do out 21.03 oc
Dentro.Fora da IGREJA oc
05 04 Mãe, que presente quer ? oc
11.26 ...*Em tudo...? oc
1+ 1 = 1 ? * oc rfx
07 de abril Hist oc
05 12 Mãe e CULPA Ed Fiel oc
11.09 DESACELERA oc
Dia da Bíblia 2o domingo oc
é FERIADO oc
Doando-se no Natal oc
Como chegou a nós
 



...INTEGRIDADE

MANÁ DA SEGUNDA  www.cbmc.org.br   23.04.1012  rEPETE   ambiente ideal de trabalho enviado recentemente
                                   colocamos artigo enviado há muito tempo atrás 
 

 

MANÁ DA SEGUNDA  6 de agosto de 2007

Nove anos servindo as comunidades empresarial e profissional

www.cbmc.org.br           


Produto Em Escassez no Mercado

Por Robert J. Tamasy

 

A Constituição assegura que todos são iguais, o que significa direito a oportunidades iguais para se realizar na vida e se beneficiar de certos “direitos inalienáveis”. Em outros aspectos, entretanto,

homens e mulheres não são iguais, pelo menos em termos de bens materiais, talentos e habilidades individuais. Alguns parecem ter grande habilidade para gerar riquezas. Outros possuem

inteligência inata, enquanto outros são mais ágeis e atléticos. Uns são líderes talentosos e outros são especiais como artífices e em tarefas que exigem habilidades motoras. Uns são competentes em vendas e marketing e outros eficientes em comunicações. Podemos ser iguais em direitos, mas não idênticos.  

 

Mas há um “artigo” que todos compartilhamos, algo que todos possuem em quantidade igual, pelo menos em tese: integridade. Alguém definiu integridade como 'o que somos, de fato, por  dentro'. Outros a expressaram como o “quem somos no escuro, quando ninguém nos está olhando”. Tenho para mim que é a disposição de alguém manter seus compromissos, fazer o que promete e estar onde afirma estar, mesmo quando for inconveniente.  

 

Integridade difere da maioria das outras “posses” pessoais. Em muitas ocasiões podemos ganhar mais dinheiro, se necessário. Através de treinamento, podemos melhorar habilidades atléticas ou desenvolver capacitações específicas. Integridade, entretanto, uma vez perdida, é difícil ─  às vezes, impossível ─  reconquistar. 

 

Talvez por isso integridade seja tema recorrente na Bíblia, particularmente no livro de Provérbios. Muitas passagens são dedicadas à sua importância, enfatizando suas virtudes e alertando para os desdobramentos de se agir sem ela. Vejamos alguns exemplos:

 

. Integridade serve de escudo.  Seja no trabalho, no lar ou outro lugar, se você sempre fala a verdade, nunca terá de tentar se lembrar das mentiras que disse anteriormente. Se você sempre se esforça por fazer o correto, jamais terá que fazer correções por ter feito intencionalmente o errado. “A retidão protege o homem íntegro, mas a impiedade derruba o pecador” (Provérbios 13.6).

 

. Integridade pode curar.  Vivemos num mundo em que, infelizmente, desonestidade e conduta antiética se tornaram comuns. Em alguns ambientes são parte da cultura. Por isso, é revigorante encontrar e manter relacionamentos com pessoas determinadas a manter alto padrão de integridade. “O mensageiro ímpio cai em dificuldade, mas o enviado digno de confiança traz cura” 

(Provérbios 13.17).  

 

. Integridade merece respeito.  Todos conhecemos pessoas que foram erroneamente punidas ou tratadas de forma injusta. Mas, geralmente, a pessoa que mantém elevado padrão ético e moral é respeitada, mesmo admirada. Na luta por fazer o certo, vamos conquistando a confiança daqueles com quem trabalhamos ou nos relacionamos mais de perto. “Não é bom castigar o inocente, nem açoitar quem merece ser honrado” (Provérbios 17.26). 

 

. Integridade enfrenta oposição.  Ser íntegro não é fácil. Os que não compartilham dos mesmos valores podem apresentar forte oposição, especialmente quando o certo representa uma ameaça à conquista de seus objetivos tortuosos. Agir com integridade, freqüentemente significa recusar atalhos convenientes ou o curso do interesse próprio. Porém, a longo prazo, as recompensas são incomparáveis, tanto pessoal quanto profissionalmente. “Os violentos odeiam os honestos e procuram matar o homem íntegro” (Provérbios 29.10).

Próxima semana tem mais!


Texto de autoria de Robert J. Tamasy, vice-presidente de comunicações da Leaders Legacy, corporação beneficente com sede em Atlanta. Georgia, USA. Com mais de 30 anos de trabalho como jornalista, é co-autor e editor de nove livros. Recentemente colaborou com David A. Stoddard em 'The Heart of Mentoring: 10 Proven Principles for Developing People to Their Fullest Potential' (A Essência de Mentorear: 10 Princípios Provados Para o Desenvolvimento Pessoal em Todo o Seu Potencial' e, com Ken Johnson, “Pursuing Life With a Shepherd’s Heart” (Vivendo Com um Coração de Pastor). Tradução de Mércia Padovani. Revisão e adaptação de J. Sergio Fortes (jsfortes@globo.com)


MANÁ DA SEGUNDA® é uma edição semanal do CBMC INTERNATIONAL, uma organização de âmbito mundial, não-denominacional, fundada em 1930, com o propósito de compartilhar Jesus Cristo com a comunidade profissional e empresarial.

© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS PARA CBMC BRASIL -  E-mail: liong@cbmc.org.br -A distribuição em sua íntegra é desejável, mas a reprodução parcial ou integral requer prévia autorização. Disponível também em alemão, espanhol, francês, inglês

 

No mercado de trabalho fala-se de “ergonomia”:estudo da relação entre trabalhadores e seu ambiente, especialmente no que se refere aos equipamentos que utilizam”. Tudo é levado em consideração, desde ruídos ao design das cadeiras,localização de compu-tadores e análise do ambiente de trabalho. Porém, outro tipo de “ambiente” também merece atenção – o espaço onde as pessoas podem maximizar seus talentos, dons,
                                      experiências e paixões.

Quando eu era editor de um jornal de bairro, havia um membro do quadro de funcio-nários que era como o proverbial pino redondo que tenta se encaixar no buraco qua-drado. Eu vou chamá-lo de Mary. Como a equipe editorial era pequena, nós a experi
mentamos em várias funções.
De início eu a designei para cobrir reuniões das direto-rias e comissões escolares. Depois ela passou a escrever sobre atividades sociais e eventos femininos. Ela passou também por reportagens esportivas. Mary era disposta e trabalhava arduamente, mas nenhuma dessas funções parecia ideal para ela.

   Finalmente, quando tive que demitir o fotógrafo de tempo integral, perguntei a Mary se ela gostaria de tentar essa função. Ela brilhou como uma lâmpada de 1.000 watts - encontrou seu nicho, trabalho que realizou com paixão. Tornou-se uma empregada feliz e realizada. Levou tempo, mas descobrimos o lugar a que ela pertencia em nossa equipe. Para mim foi recompensador ajudá-la a encontrar alegria no trabalho que desempenhava.

 

Uma das mais importantes responsabilidades de um líder é capacitar seus liderados a encontrar seu “ambiente”, a área de interesse e experiência na qual podem florescer. O antigo lema do exército americano era:  “Seja o que você pode ser!” A Bíblia reafirma a importância dessa função: 

 

Somos dotados de forma exclusiva. Não há dois indivíduos iguais, nem fisicamente nem em termos de habilidades, interesses e paixões: “Eu Te louvo porque me fizeste de modo especial e admirável” (Salmos 139.14). 

 

Todos têm um propósito específico a cumprir. Deus determinou um propósito específico para cada um de nós. Como líderes, podemos auxiliar na busca desse propósito e capacitar as pessoas a cumpri-lo. “Antes de formá-lo no ventre Eu o escolhi; antes de você nascer, Eu o separei” (Jeremias 1.5). 

 

O líder extrai mais – e o melhor – de seus liderados. Jesus contou a “parábola dos talentos”, na qual um homem de negócios testou a capacidade de seus servos de gerenciar os interesses dele. De igual modo, os líderes são responsáveis pela propriedade e também pela utilização apropriada dos recursos humanos que administra. “Muito bem, servo bom e fiel! Você foi fiel no pouco, eu o porei sobre o muito” (Mateus 25.21).

 

O líder faz do cuidado com seus liderados sua prioridade. Se os liderados não estão florescendo, precisamos investigar o motivo. Podemos estar esperando que eles sejam como os pinos quadrados tentando se encaixar em buracos redondos. “Esforce-se para saber nem como as suas ovelhas estão, dê cuidadosa atenção aos seus rebanhos” (Provérbios 27.23).   

 

Próxima semana tem mais!    


Para Reflexão ou Discussão

 

1.    Você trabalha numa função que o capacita a sentir-se realizado e usar seus talentos e habilidades exclusivos?

2.    Por que há pessoas designadas para tarefas que não combinam com suas habilidades? E por que elas permanecem nessa função?

3.    Você concorda que Deus criou cada um com exclusividade e o equipou para realizar determinados tipos de trabalho?

4.    Como podem os líderes conhecer “suas ovelhas”, avaliando se estão nos papéis que lhes possibilitam florescer como profissionais? 

Desejando considerar outras passagens da Bíblia relacionadas ao tema, sugerimos: Êxodos 35.30-35; Provérbios 22.29; Mateus 25.14-30; Efésios 2.10; Colossenses 3.17,23-24; 2Timóteo 3.17.


Texto de Robert J. Tamasy, vice-presidente de comunicações da Leads Legacy, corporação beneficente com sede em Atlanta. Geórgia, USA.  Com mais de 30 anos de trabalho como jornalista, é co-autor e editor de nove livros.  Tradução de Mércia Padovani. Revisão e adaptação de J. Sergio Fortes.


MANÁ DA SEGUNDA® é uma reflexão semanal do CBMC - Conectando 'Business' e Mercado a Cristo, organização mundial, sem fins lucrativos e vínculo religioso, fundada em 1930, com o propósito de compartilhar o Evangelho de Jesus Cristo com a comunidade profissional e empresarial. © 2012 - DIREITOS RESERVADOS PARA CBMC BRASIL - E-mail: liong@cbmc.org.br -Desejável distribuição gratuita na íntegra. Reprodução requer prévia autorização. Disponível também em alemão, espanhol, inglês, italiano e japonês.

Somos contra o SPAM na rede e em favor do direito à privacidade. Esta mensagem não é considerada SPAM, pois o remetente está identificado, o conteúdo claramente descrito e com a opção de exclusão de seu e-mail. Para exclusão do seu nome de nossa lista de mailing , por favor, envie um email para liong@cbmc.org.br escrevendo 'REMOVER' no campo de assunto.








Pérolas.Preciosas - Copyright © 2005-2019 - Todos os direitos reservados ao autor
Permitido imprimir, tirar cópias e colocar em boletins informativos, desde que citando a fonte.