Cada Dia, o Ano Todo!
Junho
D S T Q Q S S
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930    
BUSCA:
  

Menu Principal

INICIANTES
    Evangelismo
    Principiantes
    Discipulado
    Discipulador
    Introdução à Bíblia
    Apostilas
AVANÇADO
    Homilética
    Hermenêutica
    Religiões
    Seitas
    Doutrinas
    História da Igreja
VIDA CRISTÃ
    Aos Cristãos em Geral
    Aconselhamento
    Minhas Pérolas
    Finanças
BÍBLIA
    As Escrituras
    VT - Diversos
    VT - História
    VT - Livros
    VT - Sinopse
    NT - Diversos
    NT - História
    NT - Livros
    NT - Sinopse
    Mapas
    Cronologias
    Provérbios
    Salmos
    Panorâmica
    Bíblia Toda em Um Ano
    Esquemas Mensais
ELES / ELAS
    Casais
    Homens
    Líderes
    Liderança
    Maná da Segunda
    Mulheres
    Dicas
    Receitas
EBD / EBF
MISSÕES
    Missões
    Missionários
    Diversos
DIVERSOS
    Hoje
    De a A a Z
    Folhetos
    Reflexões
    Eventos
    Dias Especiais
    Ocasiões
    Publicações

05 13 LIVRES por Jesus ! oc
05 01 Dia do Trabalho oc
05 02 sobre o Trabalho oc rfx
05 13 Abolição oc
05 15 Efeitos da libertação oc rfx
Dentro.Fora da IGREJA oc
05 04 Mãe, que presente quer ? oc
1+ 1 = 1 ? * oc rfx
07 de abril Hist oc
09.06 Pentecostes oc
Esp Sto: não entristecer (4) oc
é FERIADO oc
*Devocionais de janeiro oc
uma cançãopara amenizar
EspSto no VT (1 )
Esp Sto no NT (2)
Esp Sto: ordens ( 3 )
 



...VALORES %

                                                                                           https://soundcloud.com/cbmcbrasil

 1 de julho de 2013

Quinze anos servindo as comunidades empresarial e profissional


Competição, Integridade e Compaixão   Por Rick Boxx

 

Quando nos referimos a competição nos negócios geralmente pensamos em termos de alguma vantagem sobre nossos concorrentes, através dos produtos ou serviços que oferecemos, do nosso serviço ao consumidor ou outros fatores que nos capacitem a aumentar nossa fatia de mercado. Sempre que se apresente uma circunstância que nos possibilite ganhar vantagem competitiva, sabemos ser aconselhável agarrá-la.

    Entretanto, um amigo meu, Cliff Jones, apresenta uma perspectiva bastante diferente sobre competição e como tirar proveito da desgraça do concorrente. Em seu livro, Vencendo Pela Integridade, Cliff incluiu a história de Robert Ingram, dono de duas emissoras de rádio, uma delas especializada em música clássica. Ingram detinha o monopólio da programação radiofônica de música clássica em sua cidade, até que um concorrente apareceu. A estação do concorrente apresentava programação similar e ameaçava abocanhar parte significativa das vendas de anúncios e da renda da emissora de Ingram.  Certo dia, ventos violentos derrubaram a torre de transmissão da emissora rival. Muitos no lugar de Ingram teriam celebrado a má sorte do concorrente. Ele, porém, optou por abordagem diferente. Ao invés de esperar pelo fracasso do concorrente, enviou o principal engenheiro de sua empresa para ajudar a recuperar a estação de seu competidor e deixá-la operante outra vez.

   Quando perguntaram por que fazia isso, sabendo que se não fizesse nada provavelmente teria eliminado um concorrente, a resposta de Ingram foi simples e honesta:
                       “Porque eu tinha o que ele precisava para sobreviver.”

Na Bíblia encontramos esta profunda admoestação: “Se vocês obedecerem à lei do Reino, estarão fazendo o que devem, pois nas Escrituras Sagradas está escrito:  Tiago 2.8
Ame os outros como você ama a você mesmo’”  No caso de Ingram, ele poderia ter usado o problema do concorrente para obter vantagem. Mas ele se conscientizou que se a circunstância fosse contrária ele teria querido receber assistência semelhante.

        Com frequência no exigente mundo de negócios, cheio de pressões e voltado para resultados, estamos dispostos a fazer qualquer coisa para garantir uma venda importante, obter assinatura de um contrato ou debilitar os concorrentes. A ideia de oferecer ajuda em tempos de necessidade raramente ocorre. Porém, se estivermos comprometidos em conduzir nossos negócios com integridade – e compaixão - mantendo o foco sobre os interesses daqueles com quem nos deparamos, talvez uma mudança radical em nosso modo de pensar seja necessária.

  Outra passagem da Bíblia diz:“Não façam nada por interesse pessoal ou por desejos tolos de receber elogios; mas sejam humildes e considerem os outros superiores a vocês mesmos. Que ninguém procure somente os seus próprios interesses, mas também os dos outros” (Filipenses 2.3-4).

     Isso pode soar difícil e é. Não podemos ter certeza da próxima venda ou de finalizar o próximo contrato. Mas se integridade for nossa prioridade, sabemos o que fazer, mesmo quando for difícil.  Será que você vai fazer o que é certo, mesmo que isso implique em beneficiar um concorrente  ?                  Próxima semana tem mais!


Rick Boxx é presidente e fundador da 'Integrity Resource Center', escritor internacionalmente reconhecido, conferencista, consultor empresarial, CPA, ex-executivo bancário e empresário. Adaptado, sob permissão, de 'Momentos de Integridade com Rick Boxx', um comentário semanal acerca de integridade no mundo dos negócios, a partir da perspectiva cristã. Tradução de Mércia Padovani. Revisão e adaptação de J. Sergio Fortes (fortes@cbmc.org.com) /    MANÁ DA SEGUNDA® é uma reflexão semanal do CBMC - Conecting Business and Marketplace to Christ, organização mundial, sem fins lucrativos e vínculo religioso, fundada em 1930, com o propósito de compartilhar o Evangelho de Jesus Cristo com a comunidade profissional e empresarial. © 2013 - DIREITOS RESERVADOS PARA CBMC BRASIL -  E-mail: liong@cbmc.org.br -Desejável distribuição gratuita na íntegra. Reprodução requer prévia autorização. Disponível também em alemão, espanhol, francês, inglês, italiano e japonês. / Somos contra o SPAM na rede e em favor do direito à privacidade. Esta mensagem não é considerada SPAM, pois o remetente está identificado, o conteúdo claramente descrito e com a opção de exclusão de seu e-mail. Para exclusão do seu nome de nossa lista de mailing , por favor, envie um email para liong@cbmc.org.br escrevendo 'REMOVER' no campo de assunto.


Questões Para Reflexão ou Discussão  

1. Em seu trabalho, qual a atitude em relação à concorrência? Como você reage quando se encontra em vantagem numa competição?

2. Honestamente qual sua reação diante do envio do Sr. Ingram de um funcionário para ajudar a reparar a torre de transmissão do concorrente?

3. Da perspectiva profissional o que significa “amar ao seu próximo como a nós mesmos”? Isto se aplica ao mundo dos negócios altamente competitivo?

4. A passagem bíblica citada diz que devemos “considerar os outros superiores (ou mais importantes) do que nós mesmos'. Que você acha disso?

Desejando considerar outras passagens da Bíblia relacionadas ao tema, sugerimos:
Mateus 6.19-24, 7.1-2; Lucas 6.31; João 15.13; Filipenses 4.19; 1Pedro 5.5-7; 1João 3.16.








Pérolas.Preciosas - Copyright © 2005-2020 - Todos os direitos reservados ao autor
Permitido imprimir, tirar cópias e colocar em boletins informativos, desde que citando a fonte.