Cada Dia, o Ano Todo!
Dezembro
D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031    
BUSCA:
  

Menu Principal

INICIANTES
    Evangelismo
    Principiantes
    Discipulado
    Discipulador
    Introdução à Bíblia
    Apostilas
AVANÇADO
    Homilética
    Hermenêutica
    Religiões
    Seitas
    Doutrinas
    História da Igreja
VIDA CRISTÃ
    Aos Cristãos em Geral
    Aconselhamento
    Minhas Pérolas
    Finanças
BÍBLIA
    As Escrituras
    VT - Diversos
    VT - História
    VT - Livros
    VT - Sinopse
    NT - Diversos
    NT - História
    NT - Livros
    NT - Sinopse
    Mapas
    Cronologias
    Provérbios
    Salmos
    Panorâmica
    Bíblia Toda em Um Ano
    Esquemas Mensais
ELES / ELAS
    Casais
    Homens
    Líderes
    Liderança
    Maná da Segunda
    Mulheres
    Dicas
    Receitas
EBD / EBF
MISSÕES
    Missões
    Missionários
    Diversos
DIVERSOS
    Hoje
    De a A a Z
    Folhetos
    Reflexões
    Eventos
    Dias Especiais
    Ocasiões
    Publicações

08 25 QUEM é O INIMIGO? oc Rv
12.01 frisson de Natal
11. 15 Antecipe o Natal nov dks
..Natal, na cozinha? dks
07 09 Dever de consci~ oc
* 11.23 Oc...*GRATIDÃO (maná)
11.24 *Dia de Graças. lei oc
05 07 Faça um cartão oc
12 01...* PRÁTICAS dks
03 20 Início do out 21.03 oc
Dentro.Fora da IGREJA oc
05 04 Mãe, que presente quer ? oc
11.26 ...*Em tudo...? oc
1+ 1 = 1 ? * oc rfx
07 de abril Hist oc
05 12 Mãe e CULPA Ed Fiel oc
11.09 DESACELERA oc
Dia da Bíblia 2o domingo oc
é FERIADO oc
Doando-se no Natal oc
Como chegou a nós
 



Lógica de vaqueiro %

MANÁ DA SEGUNDA www.cbmc.org.br

                                                      www.facebook.com/groups/CBMCBRASIL     https://soundcloud.com/cbmcbrasil

17 de abril de 2017

Dezenove anos servindo às comunidades empresarial e profissional


A Lógica do Vaqueiro  Por Ken Korkow

 

Embora tenha vivido muitos anos no mundo empresarial, algumas das maiores e mais profundas lições sobre a vida – e trabalho – me vieram do tempo que passei como “cowboy” no rancho da família em Dakota do Sul, EUA. Por exemplo, aprendi muito sobre relacionamento com pessoas enquanto trabalhava com bezerros e observava outras pessoas trabalharem com eles. 

A experiência me ensinou que ao trabalhar com bezerros existem três posições para se estar:

 

1.   Quando trabalham com bezerros, muitas pessoas que não estão familiarizadas com eles não querem chegar muito perto. Sendo assim, elas esticam a mão e tentam convencer o animal a fazer o que elas querem a um braço de distância. Mas o bezerro dá coices e geralmente, ao fazer isso, acaba atingindo a perna da pessoa.  Moral da história: realização mínima, dor máxima. 
2. Poucas pessoas realmente dirigem o bezerro, colocando uma mão em sua orelha e outra em seu rabo. Elas são pessoais: colocam o seu jeans limpo bem perto da suja parte posterior do animal. Moral da história: o bezerro ainda escoiceia, mas está tão perto que não chega a machucar. E assim, geralmente é possível fazer o bezerro ir aonde se quer que ele vá. 

3. A outra alternativa é estar fora do cercado, totalmente longe do alcance dos animais. Moral da história: a pessoa não se machuca e o seu jeans permanece limpo.

                             Mas nenhum trabalho é realizado. 

Minha experiência como vaqueiro também me mostrou que trabalhar com pessoas é muito parecido a trabalhar com bezerros. Se você não estiver realmente disposto a se aproximar e tornar pessoal o contato, poderia muito bem estar fora do relacionamento. 

Frequentemente ficamos frustrados com o que as pessoas fazem. Ficamos pensando por que elas estão agindo desta ou daquela forma. Sem estar disposto a se aprofundar no relacionamento com elas, tocar abaixo da superfície para descobrir questões importantes, jamais obteremos as respostas. Se desejarmos construir relacionamentos significativos com as pessoas, as abordagens número 1 e número 3 não vão funcionar. Nós precisamos nos aproximar e arriscar nos sujarmos. Isto se aplica a empregadores e seus empregados; empresários e profissionais envolvidos com seus colegas de trabalho, e até mesmo na interação com clientes e fornecedores. 

     Vemos na vida de Jesus Cristo que Ele tomou a decisão de não focar nas grandes multidões ou concentrar Sua atenção em pessoas com influência e riquezas. Ao contrário, Ele foi extremamente profundo – o equivalente a uma viagem de acampamento de três anos e meio – com um punhado de indivíduos improváveis, homens que Ele escolheu para serem Seus discípulos. Nada de estar a um braço de distância; nada de se esconder.  Nenhuma das duas era uma opção. Tudo em seu relacionamento era aberto e transparente. 

             Mas não podemos ir mais fundo com todas as pessoas. Não temos nem o tempo, nem a energia requeridos. E não podemos investir em toda boa oportunidade que se apresente. Nós devemos seguir a direção de Deus, começar pelo nosso relacionamento com Deus. Em Marcos 12:30 Jesus disse: “Ame o Senhor, o seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma, de todo o seu entendimento e de todas as suas forças.” 
                            
Este é o alicerce para todos os demais relacionamentos

No versículo seguinte, Marcos 12:31, Jesus citou a outra prioridade nos relacionamentos:
 “...Ame o seu próximo como a si mesmo...”. Isso inclui seu cônjuge, família, pessoas com quem trabalha, amigos, e até pessoas que vivem em seu bairro. A ordem da prioridade dada por Jesus é importante porque não podemos verdadeiramente amar nosso “próximo” – seja quem for – sem primeiramente amarmos a Deus o mais completa e profundamente que pudermos. 

    Então, mesmo no ambiente de trabalho, podemos seguir as instruções finais que Jesus deu a Seus seguidores em Seus últimos momentos na terra.  Podemos fazer“...discípulos de todas as nações...ensinando-os a obedecer a tudo o que Eu lhes ordenei...” (Mateus 28:19-20). 
Só podemos fazer isso estando dispostos a chegar bem perto e arriscando a nos sujarmos.

 

Próxima semana tem mais!    Artigo de autoria de Ken Korkow, que mora em Omaha, Nebraska, U.S.A., onde ele serve como Diretor do CBMC. Adaptado de “Fax of Life” (Fax da Vida), coluna que ele escreve semanalmente. Usado com a devida permissão.  Tradução de Mércia Padovani. Revisão e adaptação de Juan Nieto (jcnieto20@gmail.com)..


Questões Para Reflexão ou Discussão  

  1. Você já esteve em um rancho ou fazenda e interagiu com animais?  Se lhe pedissem para se aproximar de um bezerro de que forma você o faria?
  2. O autor diz que para se trabalhar com bezerros ou pessoas é preciso chegar bem perto e estar disposto a ficar sujo. Como você reage a isto?
  3. Por que é tão difícil se aproximar das pessoas? Qual a sua experiência quanto a isso?
  4. Você concorda que para desenvolver um relacionamento profundo e significativo com as pessoas é preciso primeiramente ter um relacionamento profundo e significativo com Deus? Explique sua resposta.

Nota: Desejando considerar outras passagens da Bíblia relacionadas ao tema, sugerimos: Provérbios 12:26; 17:17; 27:9-10; 
               Filipenses 4;9; I Tessalonicenses 2:7-8, 11-12;  II Timóteo 2:2. 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

MANÁ DA SEGUNDA® é uma reflexão semanal do CBMC - Connecting Business and Marketplace to Christ, organização mundial, sem fins lucrativos e vínculo religioso, fundada em 1930, com o propósito de compartilhar o Evangelho de Jesus Cristo com a comunidade profissional e empresarial. © 2017 - DIREITOS RESERVADOS PARA CBMC BRASIL - E-mail: liong@cbmc.org.br -Desejável distribuição gratuita na íntegra. Reprodução requer prévia autorização. Disponível também em alemão, espanhol, francês, inglês, italiano e japonês.


Somos contra o SPAM na rede e em favor do direito à privacidade. Esta mensagem não é considerada SPAM, pois o remetente está identificado, o conteúdo claramente descrito e com a opção de exclusão de seu e-mail. Para exclusão do seu nome de nossa lista de mailing , por favor, envie um email para liong@cbmc.org.br escrevendo 'REMOVER' no campo de assunto.







Pérolas.Preciosas - Copyright © 2005-2019 - Todos os direitos reservados ao autor
Permitido imprimir, tirar cópias e colocar em boletins informativos, desde que citando a fonte.