Cada Dia, o Ano Todo!
Maio
D S T Q Q S S
     12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31      
BUSCA:
  

Menu Principal

INICIANTES
    Evangelismo
    Principiantes
    Discipulado
    Discipulador
    Introdução à Bíblia
    Apostilas
AVANÇADO
    Homilética
    Hermenêutica
    Religiões
    Seitas
    Doutrinas
    História da Igreja
VIDA CRISTÃ
    Aos Cristãos em Geral
    Aconselhamento
    Minhas Pérolas
    Finanças
BÍBLIA
    As Escrituras
    VT - Diversos
    VT - História
    VT - Livros
    VT - Sinopse
    NT - Diversos
    NT - História
    NT - Livros
    NT - Sinopse
    Mapas
    Cronologias
    Provérbios
    Salmos
    Panorâmica
    Bíblia Toda em Um Ano
    Esquemas Mensais
ELES / ELAS
    Casais
    Homens
    Líderes
    Liderança
    Maná da Segunda
    Mulheres
    Dicas
    Receitas
EBD / EBF
MISSÕES
    Missões
    Missionários
    Diversos
DIVERSOS
    Hoje
    De a A a Z
    Folhetos
    Reflexões
    Eventos
    Dias Especiais
    Ocasiões
    Publicações

05 13 LIVRES por Jesus ! oc
05 01 Dia do Trabalho oc
05 02 sobre o Trabalho oc rfx
05 13 Abolição oc
05 15 Efeitos da libertação oc rfx
Dentro.Fora da IGREJA oc
05 04 Mãe, que presente quer ? oc
1+ 1 = 1 ? * oc rfx
07 de abril Hist oc
é FERIADO oc
*Devocionais de janeiro oc
uma cançãopara amenizar
 



03.09...Fazer o bem...

MANÁ DA SEGUNDA. 10 de março de 2008

Dez anos servindo as comunidades empresarial e profissional           


Fazer o Bem é Bom Negócio, por  Rick Boxx

 

       “As empresas que fazem o bem são as que investem melhor ? ― é a pergunta que Herb Greenberg se propôs a pesquisar para sua respeitada coluna diária de negócios, 'Market Watch' (Observação de Mercado), no Wall Street Journal. Para descobrir a resposta Greenberg reviu as pesquisas feitas sobre as empresas que se tornaram notáveis por seu compromisso filantrópico. 
      
Greenberg destacou a pesquisa da 'Dover Management' sobre hábitos e doações caritativas das 500 empresas que compõem o índice de ações 'Standard and Poor'. Os dados coletados durante o estudo revelaram que empresas que estabeleceram forte relacionamento entre filantropia e ganhos operacionais superaram a performance de suas rivais em 3.5%, num período de 5 anos. Outros estudos revistos por Greenberg parecem fornecer suporte factual para a conclusão a que chegou: “Fazer o bem é bom negócio”. 
          Contrariando esta conclusão, parece que o mundo corporativo se tornou tão preocupado com o desafio de aplacar os acionistas, que muitas poderiam concluir ― e parece lógico- que cada dólar doado reduz os lucros corporativos e o valor dos acionis-

tas. Por esta razão, os resultados da pesquisa de Greenberg  sobre filantropia corporativa parecem enigmáticos, levantando a seguinte questão: Por que as empresas não inclinadas à beneficência têm uma performance pior do que aquelas que são generosas? 

        Você provavelmente não vai encontrar uma resposta satisfatória para essa pergunta nas grandes instituições de ensino. Mas ela pode ser encontrada num livro tradicional que, instituições preeminentes como Harvard Business School e Wharton School of Business jamais considerariam. 
      Gálatas 6.9 que se encontra no Novo Testamento, na Bíblia, afirma: “E não nos cansemos de fazer o bem, pois no tempo próprio colheremos, se não desanimarmos.”  O autor desse livro, apóstolo Paulo, ensinava uma verdade que podemos observar no mundo natural: colhemos o que semeamos.

        Obviamente isso apresenta um paradoxo aparente ao pensamento empresarial convencional. Como se pode doar dinheiro e ainda ficar com mais? Não fosse Deus, o pensamento convencional certamente se provaria verdadeiro. Entretanto, porque Deus existe e quer encorajar e recompensar o bem, os resultados documentados por estudos sobre filantropia corporativa, como o realizado pelo jornalista Greenberg, têm demonstrado de forma convincente que a máxima do apóstolo Paulo é verdadeira. 

       Líderes empresariais precisam ser sensíveis às demandas e expectativas de seus acionistas, sem dúvida. Entretanto, se quiserem realmente melhorar o valor dos acionistas, fica patente, através de pesquisa, que devem ser generosos ao dar suporte a causas beneficentes, em que eles e sua equipe acreditam. 

     Se você tem autoridade sobre os lucros de sua empresa ou sobre suas finanças pessoais, lembre-se que você vai colher o que semear. Experimente  semear hoje sementes financeiras na obra de Deus. Você não vai se arrepender!

 

Próxima semana tem mais!     


Adaptado, sob permissão, de 'Momentos de Integridade com Rick Boxx', um comentário semanal acerca de integridade no mundo dos negócios, a partir da perspectiva cristã. Publicado com a devida permissão. Tradução de Mércia Padovani. Revisão e adaptação J. Sergio Fortes (fortes@cbmc.org.br).


MANÁ DA SEGUNDA® é uma edição semanal do CBMC INTERNATIONAL, uma organização de âmbito mundial, não-denominacional, fundada em 1930, com o propósito de compartilhar Jesus Cristo com a comunidade profissional e empresarial.

© TODOS OS DIREITOS RESERVADOS PARA CBMC BRASIL , CP. 1515, Barueri, SP, 06493-970. E-mail: liong@cbmc.org.br -A distribuição em sua íntegra é desejável, mas a reprodução parcial ou integral requer prévia autorização. Disponível também em alemão, espanhol, francês, inglês e italiano.  


Questões Para Reflexão/Discussão

 

1.  Sua empresa participa de causas beneficentes? Que tipo de causas ela dá suporte? 
     - Como v
ocê considera seu envolvimento em causas filantrópicas?  

2.  O que você pensa sobre uma empresa destinar parte de seus lucros anuais para filantropia? Você acha que isso beneficia ou contraria os interesses dos acionistas?   

3.  Como você responde à conclusão do jornalista Greenberg de que “Fazer o bem é bom negócio”?

4.  Que pensa da afirmação da passagem bíblica citada:“E não nos cansemos de fazer o bem, pois no tempo próprio colheremos, se não desanimarmos”? 

5.  Se desejar analisar outras passagens bíblicas sobre o tema, consulte:
    Provérbios 3.9-10; 11:25; 18:16; 22:9; Mateus 6.1-4; II Coríntios 9.6-11.

 






Pérolas.Preciosas - Copyright © 2005-2020 - Todos os direitos reservados ao autor
Permitido imprimir, tirar cópias e colocar em boletins informativos, desde que citando a fonte.