Cada Dia, o Ano Todo!
Maio
D S T Q Q S S
     12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31      
BUSCA:
  

Menu Principal

INICIANTES
    Evangelismo
    Principiantes
    Discipulado
    Discipulador
    Introdução à Bíblia
    Apostilas
AVANÇADO
    Homilética
    Hermenêutica
    Religiões
    Seitas
    Doutrinas
    História da Igreja
VIDA CRISTÃ
    Aos Cristãos em Geral
    Aconselhamento
    Minhas Pérolas
    Finanças
BÍBLIA
    As Escrituras
    VT - Diversos
    VT - História
    VT - Livros
    VT - Sinopse
    NT - Diversos
    NT - História
    NT - Livros
    NT - Sinopse
    Mapas
    Cronologias
    Provérbios
    Salmos
    Panorâmica
    Bíblia Toda em Um Ano
    Esquemas Mensais
ELES / ELAS
    Casais
    Homens
    Líderes
    Liderança
    Maná da Segunda
    Mulheres
    Dicas
    Receitas
EBD / EBF
MISSÕES
    Missões
    Missionários
    Diversos
DIVERSOS
    Hoje
    De a A a Z
    Folhetos
    Reflexões
    Eventos
    Dias Especiais
    Ocasiões
    Publicações

05 13 LIVRES por Jesus ! oc
05 01 Dia do Trabalho oc
05 02 sobre o Trabalho oc rfx
05 13 Abolição oc
05 15 Efeitos da libertação oc rfx
Dentro.Fora da IGREJA oc
05 04 Mãe, que presente quer ? oc
1+ 1 = 1 ? * oc rfx
07 de abril Hist oc
é FERIADO oc
*Devocionais de janeiro oc
uma cançãopara amenizar
 



06.02...GPS,direção de Deus

MANÁ DA SEGUNDA www.cbmc.org.br   2 de junho de 2008

Dez anos servindo as comunidades empresarial e profissional           


GPS  Direção do Alto     Por Robert J. Tamasy

 

Quando dirigi, pela primeira, um carro com GPS (em inglês de 'Sistema de Posicionamento Global'), me senti como criança em loja de doces. Tinha alugado um carro em uma grande cidade, e pela primeira vez, não tinha que me preocupar em decifrar mapas confusos ou seguir instruções do agente de viagens para encontrar um endereço. Tudo o que tinha a fazer era indicar o meu destino e o GPS fornecia instruções visuais e de áudio, conduzindo-me até onde precisava chegar. 

              Segundo entendi, é um sistema que, de alguma forma tecnológica, se comunica com um satélite a centenas de quilômetros, que define a localização do usuário e o guia para onde ele deseja ir.

               Como sou uma pessoa para quem localização é um desafio, por falta de senso de direção, receber instruções de onde e quando virar e qual a distância a percorrer, era fantástico. Estava literalmente recebendo direção do alto. 

              Mas, com efeito, aquela não foi a primeira vez que recebi direção vinda do alto. Venho recebendo orientação direcional há anos e, o que é melhor, sem despesas. Tudo o que precisei foi uma simples e humilde oração e disposição para seguir o que Deus me ensina em Sua Palavra. Não consigo calcular o número de vezes que Ele me orientou na minha carreira, no meu casamento, na  vida familiar e numa variedade de problemas prementes em questões de finanças e de saúde.  

             O capítulo 16 de Provérbios, na Bíblia, oferece uma amostra das maneiras que Deus nos provê direção: “Em seu coração o homem planeja o seu caminho, mas o Senhor determina os seus passos.” 

             Recordo-me quando, em 1981, comecei a procurar um novo emprego. Fora editor de um grande jornal por três anos e sabia que era o momento de mudança em minha carreira. Tinha esperança de ir para outro jornal e tinha metas pessoais de escrever um livro e artigos para revistas. Em lugar de um jornal Deus me direcionou para o CBMC-USA, de que nunca ouvira falar antes, onde o meu trabalho incluía escrever livros e editar uma revista. O desejo do meu coração se realizou. 

           Em Provérbios 16.3 Deus diz: “Consagre ao Senhor tudo o que você faz e os seus planos serão bem-sucedidos” .  Antes de iniciar um projeto, ou mesmo no meio de um, quando de repente me encontro sem saída, costumo fazer uma pausa e reconhecer que
meu trabalho é uma expressão dos talentos, experiências e habilidades que Deus me deu
 Agradeço-Lhe pelas oportunidades que me esperam. Peço-Lhe sabedoria e direção e, de forma fiel e extraordinária, Ele tem me concedido discernimento e idéias para prosseguir 

      Mas há uma condição para que a direção divina do alto nos esteja disponível: é preciso aceitá-la! Provérbios 16.20 nos assegura: “Quem examina cada questão com cuidado prospera e feliz é aquele que confia no Senhor” .  Qual criança que recusa conselho do pai, nos privamos da sabedoria de Deus, ao deixar de seguir a direção que Ele nos dá. 

              Próxima semana tem mais!    


Texto de Robert J. Tamasy, vice-presidente de comunicações da Leaders Legacy, corporação beneficente com sede em Atlanta. Geórgia, USA.  Com mais de 30 anos de trabalho como jornalista, é co-autor e editor de nove livros.  Tradução de Mércia Padovani. Revisão e adaptação de J. Sergio Fortes (fortes@cbmc.org.com)


MANÁ DA SEGUNDA® é uma reflexão semanal do CBMC - Connecting Business and Marketplace to Christ, organização mundial, sem fins lucrativos e vínculo religioso, fundada em 1930, com o propósito de compartilhar o Evangelho de Jesus Cristo com a comunidade profissional e empresarial. © 2008 - DIREITOS RESERVADOS PARA CBMC BRASIL - E-mail: liong@cbmc.org.br -Desejável distribuição gratuita na íntegra. Reprodução requer prévia autorização. Disponível também em alemão, espanhol, francês, inglês, italiano e japonês.

 

Questões Para Reflexão ou Discussão

1.  Já dirigiu um carro com GPS? Qual foi sua reação?

2.  Que acha da idéia de ter uma espécie de “sistema GPS”
                       -  para navegar ao longo do curso da vida?

3.  Alguma vez já orou pedindo direção a Deus para algum aspecto da vida ou para algo específico que lhe era problemático ou complexo? Qual foi o resultado?

4.  Quais são as dificuldades ou desafios de buscar “direção do alto”, pedindo a Deus para nos guiar em nosso trabalho e outras áreas da vida? 

      Se desejar considerar outras passagens na Bíblia sobre este assunto, veja: 
               
Salmos 37.4-5; Jeremias 29.11; Filipenses 4.6-7. 

 







Pérolas.Preciosas - Copyright © 2005-2020 - Todos os direitos reservados ao autor
Permitido imprimir, tirar cópias e colocar em boletins informativos, desde que citando a fonte.