Cada Dia, o Ano Todo!
Maio
D S T Q Q S S
     12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31      
BUSCA:
  

Menu Principal

INICIANTES
    Evangelismo
    Principiantes
    Discipulado
    Discipulador
    Introdução à Bíblia
    Apostilas
AVANÇADO
    Homilética
    Hermenêutica
    Religiões
    Seitas
    Doutrinas
    História da Igreja
VIDA CRISTÃ
    Aos Cristãos em Geral
    Aconselhamento
    Minhas Pérolas
    Finanças
BÍBLIA
    As Escrituras
    VT - Diversos
    VT - História
    VT - Livros
    VT - Sinopse
    NT - Diversos
    NT - História
    NT - Livros
    NT - Sinopse
    Mapas
    Cronologias
    Provérbios
    Salmos
    Panorâmica
    Bíblia Toda em Um Ano
    Esquemas Mensais
ELES / ELAS
    Casais
    Homens
    Líderes
    Liderança
    Maná da Segunda
    Mulheres
    Dicas
    Receitas
EBD / EBF
MISSÕES
    Missões
    Missionários
    Diversos
DIVERSOS
    Hoje
    De a A a Z
    Folhetos
    Reflexões
    Eventos
    Dias Especiais
    Ocasiões
    Publicações

05 13 LIVRES por Jesus ! oc
05 01 Dia do Trabalho oc
05 02 sobre o Trabalho oc rfx
05 13 Abolição oc
05 15 Efeitos da libertação oc rfx
Dentro.Fora da IGREJA oc
05 04 Mãe, que presente quer ? oc
1+ 1 = 1 ? * oc rfx
07 de abril Hist oc
é FERIADO oc
*Devocionais de janeiro oc
uma cançãopara amenizar
 



...Mordomo Fiel

MANÁ DA SEGUNDA www.cbmc.org.br           

4 de janeiro de 2010

Doze anos servindo as comunidades empresarial e profissional


Chamado Para Ser Mordomo Fiel  Por Rick Boxx

 

Certo homem de negócios entregou um talão de cheques para seu bom amigo, Chip. Ele depositou U$ 5,000 em uma conta bancária para que Chip ajudasse pessoas em sérias dificuldades.Achava que sua generosi-dade seria mais efetiva se ele contasse com Chip, respeitado pastor e mestre, para determinar quem deveria receber assistência financeira. 

   Parte do acordo consistia em estabelecer tempo específico para que ambos se reunissem com regularidade, quando Chip deveria relatar como o dinheiro tinha sido usado, para que a conta fosse reabastecida. 

     Pouco depois de iniciada essa parceria incomum, Chip teve uma surpreendente revelação pessoal. Descobriu que administrava o talão de cheques do amigo empresário melhor do que seu próprio talão, porque sabia que teria que prestar contas de como o dinheiro tinha sido gasto. 

  Deixe-me fazer-lhe uma pergunta: Se seu talão de cheques ou outro recurso pertencesse a outra pessoa e você soubesse que periodica-mente teria que prestar contas formalmente sobre o uso dele, você acredita que isso afetaria seu processo de tomada de decisões?

    Somente um Dono! Na realidade nada do que “possuímos” é verdadeiramente nosso. Anos atrás um líder empresarial muito rico faleceu. Na cerimônia fúnebre, alguém se aproximou do contador dele e perguntou:  “Quanto ele deixou?” Sem hesitar o contador respondeu: “Tudo.” Salomão observou sabiamente: “O homem sai nu do ventre de sua mãe, e como vem assim vai. De todo o trabalho em que se esforçou nada levará consigo”  (Eclesiastes 5.15). 

    Existe porém, uma questão ainda mais importante em relação à “propriedade”. Segundo a Bíblia, Deus é o dono de todas as coisas.
Teu é tudo o que há nos céus e na terra e  eu, ó Senhor, é o reino. Nós Te adoramos pois estás no controle de todas as coisas. Riquezas e honra vêm de Ti, e és o Governante de toda a raça humana; em Tua mão há força e poder para engrandecer e dar força ao homem”
(I Crônicas 29.11-12 - tradução livre). 

    Chamados para mordomos. Se isto é verdade, qual é, então, nosso papel? As Escrituras nos dizem que devemos ser administradores – ou mordomos - dos recursos que foram confiados aos nossos cuidados. Como o apóstolo Paulo escreveu em I Coríntios 4.2, “O que se requer destes encarregados é que sejam fiéis.”  Jesus disse que (assim como a responsabilidade de Chip para com seu amigo) também nós seremos chamados para prestar contas e seremos recompensados de acordo com isso.Muito bem, servo bom e fiel! Você foi fiel no pouco, eu o porei sobre o muito. Venha e participe da alegria do seu senhor' (Mateus 25.21).

Fico imaginando que diferença faria se acordássemos todas as manhãs e considerássemos tudo o que está sob nosso cuidado – nosso lar, carro
 carteira, negócios, tempo, talentos – não como coisas que possuímos, mas como coisas que administramos como representantes de Deus, que é o verdadeiro Dono.  

Lembre-se: seu talão de cheques não é seu; foi emprestado a você por Deus. Você está sendo fiel?    Próxima semana tem mais!


Rick Boxx é presidente e fundador da 'Integrity Resource Center', escritor internacionalmente reconhecido, conferencista, consultor empresarial, CPA, ex-executivo bancário e empresário. Adaptado, sob permissão, de 'Momentos de Integridade com Rick Boxx', um comentário semanal acerca de integridade no mundo dos negócios, a partir da perspectiva cristã. Tradução de Mércia Padovani. Revisão e adaptação de J. Sergio Fortes (fortes@cbmc.org.com)/    MANÁ DA SEGUNDA® é uma refelxão semanal do CBMC - Conecting Business and Marketplace to Christ, organização mundial, sem fins lucrativos e vínculo religioso, fundada em 1930, com o propósito de compartilhar o Evangelho de Jesus Cristo com a comunidade profissional e empresarial. © 2008 - DIREITOS RESERVADOS PARA CBMC BRASIL -  E-mail: liong@cbmc.org.br -Desejável distribuição gratuita na íntegra. Reprodução requer prévia autorização. Disponível também em alemão, espanhol, francês, inglês, italiano e japonês./ Somos contra o SPAM na rede e em favor do direito à privacidade. Esta mensagem não é considerada SPAM, pois o remetente está identificado, o conteúdo claramente descrito e com a opção de exclusão de seu e-mail. Para exclusão do seu nome de nossa lista de mailing , por favor, envie um email para liong@cbmc.org.br escrevendo 'REMOVER' no campo de assunto.


Questões Para Reflexão ou Discussão

1. Qual seria sua reação se, como Chip, alguém lhe confiasse um talão de cheques e lhe desse a responsabilidade de distribuir seus recursos?

2.  Quando se trata de bens materiais geralmente nos consideramos seus proprietários. Você já pensou que, ao invés de dono é apenas o administrador de quem se exige sabedoria no uso deles?

3.Pense no que considera valioso - recursos financeiros, ou até mesmo o tempo. Que diferença faria se você agisse segundo a crença que nada disso é realmente seu, mas de Deus? 

4.Se estivesse diante de Deus e Ele fosse avaliar como você lidou com os recursos Dele, acha que Ele o chamaria de “servo bom e fiel”?  

5-Desejando considerar outras passagens da Bíblia relacionadas ao tema, sugerimos: Provérbios 11.28; 18.11; 23.4-5; 28.20; Lucas 16.10-12.    

 

Para assinar ou cancelar - http://cbmc.org.br/mana.htm







Pérolas.Preciosas - Copyright © 2005-2020 - Todos os direitos reservados ao autor
Permitido imprimir, tirar cópias e colocar em boletins informativos, desde que citando a fonte.