Cada Dia, o Ano Todo!
Maio
D S T Q Q S S
   1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031 
BUSCA:
  

Menu Principal

INICIANTES
    Evangelismo
    Principiantes
    Discipulado
    Discipulador
    Introdução à Bíblia
    Apostilas
AVANÇADO
    Homilética
    Hermenêutica
    Religiões
    Seitas
    Doutrinas
    História da Igreja
VIDA CRISTÃ
    Aos Cristãos em Geral
    Aconselhamento
    Minhas Pérolas
    Finanças
BÍBLIA
    As Escrituras
    VT - Diversos
    VT - História
    VT - Livros
    VT - Sinopse
    NT - Diversos
    NT - História
    NT - Livros
    NT - Sinopse
    Mapas
    Cronologias
    Provérbios
    Salmos
    Panorâmica
    Bíblia Toda em Um Ano
    Esquemas Mensais
ELES / ELAS
    Casais
    Homens
    Líderes
    Liderança
    Maná da Segunda
    Mulheres
    Dicas
    Receitas
EBD / EBF
MISSÕES
    Missões
    Missionários
    Diversos
DIVERSOS
    Hoje
    De a A a Z
    Folhetos
    Reflexões
    Eventos
    Dias Especiais
    Ocasiões
    Publicações

08 25 QUEM é O INIMIGO? oc Rv
dia das mães: como começou? oc
05 01 Dia do Trabalho oc
* 07 20 Homem na Lua oc
03 20 Início do out 21.03 oc
Dentro.Fora da IGREJA oc
05 04 Mãe, que presente quer ? oc
1+ 1 = 1 ? * oc rfx
07 de abril Hist oc
05 12 Mãe e CULPA Ed Fiel oc
é FERIADO oc
09.01 ESPERANÇA oc
 



Krn 4 Origem do Carnaval

Oc 02 04  Origem do Carnaval

Afinal, como surgiu? Confira...

 

CARNAVAL... o que é , qual sua origem ? 

A origem do Carnaval pelo mundo.  extr https://pt-br.facebook.com/notes/daliladigital/a-origem-do-carnaval-pelo-mundo/533755669980934?fref=nf

Embora tenha anos de tradição no Brasil e no mundo, o carnaval não começou com escolas de samba desfilando pelas ruas e mulheres bonitas sambando com fantasias superproduzidas. A história da festa que hoje mobiliza milhares de pessoas durante o ano tem início controverso: alguns dizem que já existiam comemorações parecidas nas sociedades greco-romanas e egípcias da antiguidade, e outros argumentam que o verdadeiro carnaval nasceu na Idade Média, com o surgimento da Quaresma criada pela igreja Católica. 
   
Segundo o pesquisador Felipe Ferreira, autor de 'O livro de ouro do carnaval brasileiro', as comemorações pagãs antes de Cristo foram precursoras de todo tipo de festa pública e não apenas do carnaval. Em seu livro, ele escreve que as festas em homenagem à deusa Isis ou ao deus Baco, por exemplo, incluíam pessoas mascaradas, bebidas e outros excessos.
..#.. entre os japones , por exemplo,  há festejos com desfile de dragões e fogos de artifício
 
'Bota-fora' para a Quaresma
 : No ano de 604, o papa Gregório I definiu  um período que antecipava as comemorações da Semana Santa ( dias que antecederam à crucificaçãode Jesus)quando  os fiéis deveriam se dedicar exclusivamente às questões espirituais. Seriam 40 dias em que se deveria evitar sexo, carnes vermelhas e festas. Quase quinhentos anos depois, a irmandade católica definiu as datas oficiais da chamada 'Quaresma', e o primeiro dia dela se chamaria ‘quarta-feira de cinzas’ :  ..#.. por causa do costumede se colocar  cinzas sobre a cabeça em sinal de contrição e arrependimento dos pecados .
    Aconteceu que , dias antes dessa quarta-feira,  começaram a ser de intenso consumo de carnes, bebidas e de festa. A esse período deu-se o nome de ‘adeus à carne’, ou ‘carne vale’ em italiano, que, depois, passou a ser ‘carnevale’.
A palavra virou sinônimo do que seria uma espécie de antônimo da Quaresma. Durante a Idade Média, o 'bota-fora' para a Quaresma tinha máscaras e fantasias. As mais comuns eram de urso e de homem selvagem.
Carnaval virou chique em Paris :  com o passar do tempo, as festas antes da Quaresma torna-ram-se mais elaboradas e elitizadas. Em Veneza, por exemplo, a temporada passou a começar no início de janeiro. No período iluminista, até óperas celebravam o carnaval italiano e os mascarados andavam por toda a parte de Veneza. Na França, o rei Luis XIV comandava ele próprio bailes nos salões reais.   Mas o carnaval ,como o conhecemos hoje, com bailes e desfiles de fantasiados, começou  em Paris do séc XIX, mais precisamente em 1830. “Os donos do poder parisiense rapidamente perceberam os prazeres e as lucrativas negociações que poderiam resultar das festas carnavalescas” escreveu Felipe Ferreira, em 'O livro de ouro do carnaval brasileiro'.
A burguesia parisiense passou a patrocinar os maiores bailes a fantasia da temporada e surgiu a noção de mistura entre as classes sociais. Foi esse modelo de carnaval que mais tarde seria adotado no Brasil. No Brasil:  o
s festejos nos dias que antecediam a Quaresma no Brasil recém-colonizado aconteciam da maneira lusitana. As brincadeiras se chamavam 'entrudo' e consistiam em jogar água, pós, perfumes e outros líquidos, ovos, sacos de areia, entre outras coisas sobre os pedestres. A brincadeira era considerada violenta e chegou a deixar mortos no país.'Isso mudou no começo do século XIX, quando o país foi se tornando mais desenvolvido, e quis se livrar do passado português. Uma das formas de se distanciar da ex-metrópole era acabar com esse costume do entrudo, que era considerado ultrapassado, selvagem e grosseiro. Para isso, a burguesia do Rio de Janeiro procurou um modelo sofisticado de carnaval, que na época era o de Paris, com bailes e desfiles de carruagens', explicou por telefone ao G1 Felipe Ferreira. Mas, segundo ele, essa presença de um novo tipo de carnaval, ao invés de acabar com as festas de rua, com o 'entrudo', fez uma mistura que não é nem só da elite nem só popular. 'Começam a surgir formas de organização variadas como blocos, clubes, cordões e ranchos, que vão fazer com o que o carnaval carioca, que influencia o carnaval do Brasil todo, fique diferente dos carnavais de qualquer outro país', diz Ferreira ##. 
   O entrudo chegou ao Brasil por volta do século XVII ( anos de 1.600) e foi influenciado pelas festas carnavalescas que aconteciam na Europa. Em países como Itália e França
 o carnaval ocorria em formas de desfiles urbanos, onde os carnavalescos usavam máscaras e fantasias. Personagens como a colombina, o pierrô e o Rei Momo também foram incorporados ao carnaval brasileiro, embora sejam de origem européia.
    No Brasil, no final do século XIX, ( 1900)
- começam a aparecer os primeiros blocos carnavalescos, cordões e os famosos 'corsos' _  estes  últimos, tornaram-se mais populares no começo dos séculos XX.
* As pessoas se   fantasiavam, decoravam seus carros e, em grupos, desfilavam pelas ruas das cidades _  Aí a origem dos carros alegóricos,  típicos das escolas de
samba atuais.
* No século XX, o carnaval foi crescendo e tornando-se cada vez mais uma festa popular _    Esse crescimento ocorreu com a ajuda das marchinhas carnavalescas.
         -  As
músicas deixavam o carnaval cada vez mais animado.
* A primeira escola de samba surgiu no Rio de Janeiro e chamava-se  'Deixa Falar'
    -  criada pelo sambista carioca chamado Ismael Silva. Anos mais tarde a Deixa Falar
       - transformou-se na escola de samba Estácio de Sá.
* A partir dai o carnaval de rua começa a ganhar um novo formato. Começam a surgir novas escolas de samba no Rio de Janeiro e em São Paulo. Organizadas em Ligas de Escolas de Samba, começam os primeiros campeonatos para verificar   qual escola de samba era mais bonita e animada.

 

 

          O carnaval de rua manteve suas tradições originais na região Nordeste do Brasil.
 - Em cidades como Recife e Olinda, as pessoas saem às ruas durante o carnaval no ritmo do frevo e do maracatu. Os desfiles de bonecos gigantes, em Recife, são uma das principais atrações desta cidade durante o carnaval.

 

                   Na cidade de Salvador (BA), existem os trios elétricos,
  -  embalados por músicas dançantes de cantores e grupos típicos da região.
 
       - 
Extr: http://www.suapesquisa.com/carnaval/
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~







Pérolas.Preciosas - Copyright © 2005-2019 - Todos os direitos reservados ao autor
Permitido imprimir, tirar cópias e colocar em boletins informativos, desde que citando a fonte.