Cada Dia, o Ano Todo!
Agosto
D S T Q Q S S
    123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031
BUSCA:
  

Menu Principal

INICIANTES
    Evangelismo
    Principiantes
    Discipulado
    Discipulador
    Introdução à Bíblia
    Apostilas
AVANÇADO
    Homilética
    Hermenêutica
    Religiões
    Seitas
    Doutrinas
    História da Igreja
VIDA CRISTÃ
    Aos Cristãos em Geral
    Aconselhamento
    Minhas Pérolas
    Finanças
BÍBLIA
    As Escrituras
    VT - Diversos
    VT - História
    VT - Livros
    VT - Sinopse
    NT - Diversos
    NT - História
    NT - Livros
    NT - Sinopse
    Mapas
    Cronologias
    Provérbios
    Salmos
    Panorâmica
    Bíblia Toda em Um Ano
    Esquemas Mensais
ELES / ELAS
    Casais
    Homens
    Líderes
    Liderança
    Maná da Segunda
    Mulheres
    Dicas
    Receitas
EBD / EBF
MISSÕES
    Missões
    Missionários
    Diversos
DIVERSOS
    Hoje
    De a A a Z
    Folhetos
    Reflexões
    Eventos
    Dias Especiais
    Ocasiões
    Publicações

08 25 QUEM é O INIMIGO? oc Rv
08 04 Ser Pai ! oc
07 09 Dever de consci~ oc
08 07 Elo entre gerações oc he
03 Pais de filhos crescidos he
03 20 Início do out 21.03 oc
Dentro.Fora da IGREJA oc
05 04 Mãe, que presente quer ? oc
08 03 * COMEMORAÇÕES oc
1+ 1 = 1 ? * oc rfx
07 de abril Hist oc
05 12 Mãe e CULPA Ed Fiel oc
08 01 sobre o SELO ...oc
é FERIADO oc
09.01 ESPERANÇA oc
 



...Poder da Esperança %

MANÁ DA SEGUNDA www.cbmc.org.br

                                www.facebook.com/groups/CBMCBRASIL                        https://soundcloud.com/cbmcbrasil

4 de novembro de 2013

Dezesseis anos servindo às comunidades empresarial e profissional


O Poder da Esperança   Por Rick Boxx

 

Faz algum tempo que alguns amigos e eu participamos do programa, “Adote uma Escola”. Uma lição que aprendi desse envolvimento é a importância da esperança. Crianças que conheceram e experimentaram pobreza e opressão extremas podem ser bem-sucedidas se lhes derem esperança.    Não falo de sentimentos como “espero que”, o que basicamente significa “faço votos que”, ou “boa sorte”. Falo da esperança verdadeira, conquistada ao ver exemplos reais de pessoas que venceram adversidades semelhantes, e também de receber metas práticas e estratégias que coloquem essas crianças no rumo de uma vida melhor.  Sentimentos de desesperança não estão restritos apenas aos guetos ou comunidades desfavorecidas. Um pouco de esperança também seria útil no ambiente de trabalho. Recente pesquisa do Instituto Gallup revelou que apenas 30% dos trabalhadores sentem-se entusiasmados com seu emprego, achando-os significativos e recompensadores. Você pode imaginar isso? Hoje menos de um terço dos trabalhadores abordam suas responsabilidades profissionais com entusiasmo. 

    O que aconteceria se os 70% restantes compreendessem sua vocação como trabalhado-res e tivessem esperança: a real sensação de que podem escapar dos sentimentos de escra
vidão e frustração que dominam sua realidade cotidiana? Se pudessem ter esperança, creio que a maioria se tornaria mais envolvida e produtiva. Em lugar de ser excesso de bagagem para suas organizações, eles se desenvolveriam e se tornariam colaboradores importantes e valorizados.  
Como isso poderia acontecer?  Não existe solução simples e instantânea. Por vezes os colaboradores são como o proverbial “pino quadrado” que tenta se encaixar num buraco redondo. A mescla exclusiva de habilidades e talentos que possuem não está coerente com as responsabilidades que lhes foram atribuídas e que devem desempenhar todos os dias. Eles podem se sentir mal utilizados ou impedidos de explorar oportunidades para seu crescimento profissional e pessoal. Sentem-se imobilizados, como se o trabalho fosse um beco sem saída,
                                                                                 sem expectativas de crescimento.

Existem vários tipos de testes de competência e de personalidade, bem como ferramentas para avaliação de motivação que as empresas podem usar para avaliar seus colaboradores e encontrar a melhor forma de maximizar sua contribuição. Em alguns casos, um trabalho que pareça um beco sem saída pode ser exatamente isso, significando que o colaborador deveria ser encorajado a buscar alternativas mais compensadoras material, mental e emocionalmente. 

   Todos nós precisamos de esperança: a expectativa ou confiança de que coisas melhores nos esperam adiante e podem ser alcançadas. Provérbios 13.12 sabiamente observa: “A esperança que se retarda deixa o coração doente, mas o anseio satisfeito é árvore de vida”.
     
Falta de esperança pode cobrar um preço físico alto, bem como em outras áreas.

Em última instância, os seguidores de Jesus Cristo encontram sua esperança em Deus, confiantes em Suas promessas de cuidar de nós, prover para nós e nos guiar em cada aspecto de nossas vidas. Por exemplo: Deus nos dá esta certeza: ’ sou Eu que conheço os planos que tenho para vocês’, diz o Senhor, ‘planos de fazê-los prosperar e não de lhes causar dano, planos de dar-lhes esperança e um futuro”  (Jeremias 29.11). Por que não ter esperança, quando sabemos que Deus tem um plano específico para nós e está trabalhando diligentemente para cumpri-lo?
 
Tome um momento para tentar dar esperança para alguém em seu ambiente de trabalho hoje!

 

Próxima semana tem mais!


Questões Para Reflexão ou Discussão  

1. Como você definiria “esperança”?

2. À luz da sua definição, você diria que tem esperança? E as pessoas que trabalham à sua volta, elas estão entre os 30% que apreciam o que fazem ou os 70% que se sentem desesperançadas por terem empregos que não as fazem se sentirem realizadas?

3. Que passos você poderia adotar pessoalmente ou sugerir para alguém a fim de encontrar esperança numa situação aparentemente sem esperança?

4. A Bíblia diz que encontramos esperança quando confiamos em Deus. Você crê que Deus realmente Se preocupa com o seu trabalho e as responsabilidades que desempenha diariamente para ganhar seu sustento?

Desejando considerar outras passagens da Bíblia relacionadas ao tema, sugerimos: Provérbios 23.17-18; 24.10, 13-14; Romanos 5.1-5; 8.24; Efésios 1.18-19; Tito 2.13.


Rick Boxx é presidente e fundador da 'Integrity Resource Center', escritor internacionalmente reconhecido, conferencista, consultor empresarial, CPA, ex-executivo bancário e empresário. Adaptado, sob permissão, de 'Momentos de Integridade com Rick Boxx', um comentário semanal acerca de integridade no mundo dos negócios, a partir da perspectiva cristã. Tradução de Mércia Padovani. Revisão e adaptação de J. Sergio Fortes (fortes@cbmc.org.com)


MANÁ DA SEGUNDA® é uma refelxão semanal do CBMC - Conecting Business and Marketplace to Christ, organização mundial, sem fins lucrativos e vínculo religioso, fundada em 1930, com o propósito de compartilhar o Evangelho de Jesus Cristo com a comunidade profissional e empresarial. © 2008 - DIREITOS RESERVADOS PARA CBMC BRASIL - E-mail: liong@cbmc.org.br -Desejável distribuição gratuita na íntegra. Reprodução requer prévia autorização. Disponível também em alemão, espanhol, francês, inglês, italiano e japonês.


Somos contra o SPAM na rede e em favor do direito à privacidade. Esta mensagem não é considerada SPAM, pois o remetente está identificado, o conteúdo claramente descrito e com a opção de exclusão de seu e-mail. Para exclusão do seu nome de nossa lista de mailing , por favor, envie um email para liong@cbmc.org.br escrevendo 'REMOVER' no campo de assunto.







Pérolas.Preciosas - Copyright © 2005-2019 - Todos os direitos reservados ao autor
Permitido imprimir, tirar cópias e colocar em boletins informativos, desde que citando a fonte.