Cada Dia, o Ano Todo!
Maio
D S T Q Q S S
     12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31      
BUSCA:
  

Menu Principal

INICIANTES
    Evangelismo
    Principiantes
    Discipulado
    Discipulador
    Introdução à Bíblia
    Apostilas
AVANÇADO
    Homilética
    Hermenêutica
    Religiões
    Seitas
    Doutrinas
    História da Igreja
VIDA CRISTÃ
    Aos Cristãos em Geral
    Aconselhamento
    Minhas Pérolas
    Finanças
BÍBLIA
    As Escrituras
    VT - Diversos
    VT - História
    VT - Livros
    VT - Sinopse
    NT - Diversos
    NT - História
    NT - Livros
    NT - Sinopse
    Mapas
    Cronologias
    Provérbios
    Salmos
    Panorâmica
    Bíblia Toda em Um Ano
    Esquemas Mensais
ELES / ELAS
    Casais
    Homens
    Líderes
    Liderança
    Maná da Segunda
    Mulheres
    Dicas
    Receitas
EBD / EBF
MISSÕES
    Missões
    Missionários
    Diversos
DIVERSOS
    Hoje
    De a A a Z
    Folhetos
    Reflexões
    Eventos
    Dias Especiais
    Ocasiões
    Publicações

05 13 LIVRES por Jesus ! oc
05 01 Dia do Trabalho oc
05 02 sobre o Trabalho oc rfx
05 13 Abolição oc
05 15 Efeitos da libertação oc rfx
Dentro.Fora da IGREJA oc
05 04 Mãe, que presente quer ? oc
1+ 1 = 1 ? * oc rfx
07 de abril Hist oc
é FERIADO oc
*Devocionais de janeiro oc
uma cançãopara amenizar
 



Resgate imprevisível %

MANÁ DA SEGUNDA http://www.cbmc.org.br   HYPERLINK 'http://www.facebook.com/'https://www.facebook.com/#!/groups/cbmcbrasil/
https://soundcloud.com/cbmcbrasil
                                                              28 de abril de 2014
Dezesseis anos servindo as comunidades empresarial e profissional

Histórias do Burro e de Elias  por Ed Thompson
Fico sempre intrigado com o poder de contar histórias. Creio que todos nós temos uma história que vale a pena ser contada. Até mesmo um burro tem uma história para contar — uma pequena e “poeirenta” história. É um conto sobre o burro de um fazendeiro que tropeçou e caiu dentro de um velho poço seco. Ao descobrir o acidente, o fazendeiro avaliou as possibilidades para libertar seu querido burro, que já era como um membro da família.  Finalmente, não encontrando nenhuma solução viável, decidiu encher o poço de terra. Ficou profundamente consternado, sabendo que isso significava enterrá-lo vivo, mas consolava-o o fato de que ninguém mais teria o mesmo destino desastroso do desajeitado burro.  À medida que o fazendeiro esvaziava cada pá de terra dentro do poço, esta caia nas costas do burro. Sem se abalar, o burro simplesmente sacudia a terra de seu dorso e permitia que as pás de terra fossem se acumulando sob suas patas. Após várias horas e centenas de pás de terra, o burro surgiu, surpreendentemente, à borda do poço. Saltou por cima da beira e trotou para longe. O que parecia ser sua sentença de morte se transformou em sua salvação.   E nós? Sob pressão somos capazes de enfrentar a crise e nos erguermos vitoriosos como o burro? Todos nós nos deparamos com armadilhas e “terra” — fardos físicos, espirituais e emocionais — na jornada da vida. Você pode estar enfrentando um neste exato momento. A pergunta é: como podemos sacudir nossas costas e vencer as adversidades? Ás vezes ouvimos pessoas afirmar que “até que estão bem, sob as circunstâncias”. Quando ouço isto, sinto-me tentado a responder:
                                “O que você está fazendo debaixo delas  ?” 

Essa história me fez lembrar o relato bíblico com desfecho semelhante: a história do profeta Elias, relatada em 1Reis 18 e 19. Vale a pena ler esses dois capítulos na íntegra, mas aqui vai um breve resumo.  Depois de vitória decisiva no Monte Carmelo ao confrontar profetas de falsos deuses, Elias, profeta do verdadeiro Deus, entrou em depressão. Como geralmente acontece depois de acontecimentos que fazem as emoções atingirem níveis elevadíssimos, Elias desmoronou emocionalmente. Talvez tenham sido os hormônios do estresse aquietando-se depois que a crise foi vencida, mas o profeta repentinamente se sentiu incapaz de enfrentar novo desafio. Alguns acusam Elias dizendo que lhe faltou fé. A verdade é que o profeta não era indestrutível: “Elias era humano como nós” (Tiago 5.17). Depois de participar da derrota sobrenatural de centenas de falsos profetas, a montanha-russa emocional dele entrou em espiral descendente. Ao ser ameaçado de morte pela rainha Jezabel, sucumbiu ao medo e fugiu.  Lendo o restante da história verá Deus orquestrando um resgate divino. Ao invés de puni-lo, Deus o alimentou e permitiu que descansasse, antes de restaurá-lo e enviá-lo de volta à batalha.  J Como vc trata seus liderados quando estão exaustos ?
                           Oo membros de sua igreja que 'despencaram' após grande tribulação ? 

 E você? Tem se sentido oprimido pela adversidade? Talvez tenha experimentado grande vitória no trabalho e no lar, mas está se sentindo emocionalmente exausto. Sua energia e motivação se esgotaram, fazendo-o sentir-se um farrapo.  Lembre-se das histórias do burro e de Elias. Peça a Deus restaurar você e, então, se prepare para voltar para a batalha.

Próxima semana tem mais!
______________________________________________________________________________
Questões Para Reflexão ou Discussão

1.    Você já tinha ouvido a história do burro? Ela lhe reavivou ou lhe proporcionou novo modo de enxergar as adversidades?
2.    Já conhecia também a história do extraordinário triunfo de Elias sobre os profetas de Baal? Que lhe pareceu da reação dele, face à ameaça de Jezabel?
3.    O que você geralmente faz quando enfrenta pressões e fardos graves, aparentemente insuperáveis?
4.    Já houve momento em sua vida em que, como Elias, sentiu que não poderia enfrentar novo problema, e tudo o que queria era fugir? 
5.    Desejando considerar outras passagens da Bíblia sobre o tema, sugerimos:
1Reis 18–19; Isaias 40.31; Romanos 5.3-5; 2Coríntios 12.9-10; 1Pedro 5.7. 


 







Pérolas.Preciosas - Copyright © 2005-2020 - Todos os direitos reservados ao autor
Permitido imprimir, tirar cópias e colocar em boletins informativos, desde que citando a fonte.