Cada Dia, o Ano Todo!
Maio
D S T Q Q S S
     12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31      
BUSCA:
  

Menu Principal

INICIANTES
    Evangelismo
    Principiantes
    Discipulado
    Discipulador
    Introdução à Bíblia
    Apostilas
AVANÇADO
    Homilética
    Hermenêutica
    Religiões
    Seitas
    Doutrinas
    História da Igreja
VIDA CRISTÃ
    Aos Cristãos em Geral
    Aconselhamento
    Minhas Pérolas
    Finanças
BÍBLIA
    As Escrituras
    VT - Diversos
    VT - História
    VT - Livros
    VT - Sinopse
    NT - Diversos
    NT - História
    NT - Livros
    NT - Sinopse
    Mapas
    Cronologias
    Provérbios
    Salmos
    Panorâmica
    Bíblia Toda em Um Ano
    Esquemas Mensais
ELES / ELAS
    Casais
    Homens
    Líderes
    Liderança
    Maná da Segunda
    Mulheres
    Dicas
    Receitas
EBD / EBF
MISSÕES
    Missões
    Missionários
    Diversos
DIVERSOS
    Hoje
    De a A a Z
    Folhetos
    Reflexões
    Eventos
    Dias Especiais
    Ocasiões
    Publicações

05 13 LIVRES por Jesus ! oc
05 01 Dia do Trabalho oc
05 02 sobre o Trabalho oc rfx
05 13 Abolição oc
05 15 Efeitos da libertação oc rfx
Dentro.Fora da IGREJA oc
05 04 Mãe, que presente quer ? oc
1+ 1 = 1 ? * oc rfx
07 de abril Hist oc
é FERIADO oc
*Devocionais de janeiro oc
uma cançãopara amenizar
 



Custe o que custar %

 

MANÁ DA SEGUNDA

www.cbmc.org.br

http://www.facebook.com/groups/CBMCBRASIL

https://soundcloud.com/cbmcbrasil

24 de abril de 2017

Dezenove anos servindo às comunidades empresarial e profissional


Ambição, Ego e Liderança

Por Robert Tamasy

 

Nos dias atuais aparentemente presumimos que a ambição, egos inflados e liderança são inseparáveis, da mesma forma que a gema, a clara e a casca precisam estar juntas para formar um ovo. Líderes desejam tão desesperadamente fazer com que suas organizações – e eles próprios -  cresçam, mesmo que a exibição de egos dominadores pareça ser necessária para que suas ambições se realizem. Na verdade, sua diretoria e seus acionistas geralmente encorajam a mentalidade do tipo “custe o que custar” para governar suas táticas de liderança. 

 

Entretanto, meu amigo Randy, um pastor, recentemente apresentou algumas reflexões que desafiaram este modo de pensar. Por que os homens de negócios e profissionais estariam interessados no que um clérigo tem a dizer? Porque, como ele escreveu, “Somos como os proprietários de pequenos negócios lutando pela atenção das pessoas através da propaganda. Parte da atração consiste em...atraí-los para nós mesmos. Nossa propaganda, seja através da constante participação na mídia social ou exagerando nossas estórias, pode facilmente inflar nosso ego, senso de competição e vaidade.” 

 

Um perigo em particular, Randy ressaltou, consiste na tentação de dar preferência àqueles que estão em posição de ajudar-nos a maximizar metas e ambições. “Quando somos amados por pessoas poderosas, importantes, influentes, famosas ou ricas, é muito fácil priorizá-las, roubando o tempo dos pobres, solitários, insignificantes e negligenciados.”

 

Sem dúvida, pessoas poderosas, influentes e ricas – geralmente clientes ou investidores – são cruciais para a sobrevivência e crescimento de organizações. Mas, se como seguidores de Jesus Cristo, um de nossos principais objetivos é servi-Lo e levar outros a Ele, então precisamos lembrar-nos do que Ele disse: “...o Filho do homem, que não veio para ser servido, mas para servir...” (Mateus 20:28). Da mesma forma, uma das melhores maneiras de representar Jesus é servindo a outros, especialmente àqueles que não podem agir com reciprocidade.

 

Isso pode ser contrário às filosofias e valores de muitos no mercado de trabalho, mas as verdades e princípios apresentados por Jesus geralmente eram contrários às culturas em que Ele e também Seus seguidores viveram. O apóstolo Paulo, por exemplo, escreveu: “Nada façam por ambição egoísta ou por vaidade, mas humildemente considerem os outros superiores a si mesmos.” (Filipenses 2:3). Ele jamais sugeriu que poderia haver exceções para aqueles envolvidos com negócios ou comércio. 

 

Honestamente, os empregadores e chefes que mais me impressionaram no decurso de minha carreira profissional foram aqueles que pareciam me considerar mais importante do que eles próprios. Ás vezes fizeram esforços especiais para me procurar, perguntar como eu estava e até mesmo me assistirem no trabalho quando isso foi necessário e surgiu a oportunidade. Posso assegurar a você que saber que eles verdadeiramente se preocupavam com o meu bem-estar me inspirou a trabalhar ainda com mais empenho e tentar realizar e exceder suas expectativas. 

 

Como Paulo escreveu em outra passagem, “Tende o mesmo sentimento uns para com os outros; em lugar de serdes orgulhosos, condescendei com o que é humilde; não sejais sábios aos vossos próprios olhos.” (Romanos 12:16). Isto funciona para as pessoas em qualquer posição ou ambiente de trabalho, seja empresarial, educacional, político, na mídia ou ministério vocacional. 

 

Próxima semana tem mais!


Robert J. Tamasy, vice-presidente de comunicações da Leaders Legacy, corporação beneficente com sede em Atlanta. Geórgia, USA. Com mais de 30 anos de trabalho como jornalista, é co-autor e editor de nove livros. Tradução de Mércia Padovani. Revisão e adaptação de Juan Nieto (jcnieto20@gmail.com).


MANÁ DA SEGUNDA® é uma reflexão semanal do CBMC - Conectando Business e Mercado a Cristo, organização mundial, sem fins lucrativos e vínculo religioso, fundada em 1930, com o propósito de compartilhar o Evangelho de Jesus Cristo com a comunidade profissional e empresarial. © 2017 - DIREITOS RESERVADOS PARA CBMC BRASIL -  E-mail: liong@cbmc.org.br -Desejável distribuição gratuita na íntegra. Reprodução requer prévia autorização. Disponível também em alemão, espanhol, francês, inglês, italiano e japonês.


Somos contra o SPAM na rede e em favor do direito à privacidade. Esta mensagem não é considerada SPAM, pois o remetente está identificado, o conteúdo claramente descrito e com a opção de exclusão de seu e-mail. Para exclusão do seu nome de nossa lista de mailing , por favor, envie um email para liong@cbmc.org.br escrevendo 'REMOVER' no campo de assunto.


Questões Para Reflexão ou Discussão   

 

1. Você acha que o ego pode representar um fator importante na eficiência da liderança? Por quê?

2. Admitindo que todos nós temos egos e interesses próprios, em que ponto podemos reconhecer que fomos longe demais na busca por objetivos e em nossa ambição?

3. Como podemos de forma consciente encontrar equilíbrio entre ambição digna e lucros, ao mesmo tempo assegurando que as pessoas menos importantes e de posição inferior não sejam ignoradas ou maltratadas?

4. O que na vida e exemplo de Jesus Cristo inspiraria você a “considerar os outros melhores do que você mesmo”?

 

Nota: Desejando considerar outras passagens da Bíblia relacionadas ao tema, sugerimos: Provérbios 11:2;  15:33; 16:18-19; 18:12;  21:24;  22:4;  29:23;  Colossenses 3:12.  

  








Pérolas.Preciosas - Copyright © 2005-2020 - Todos os direitos reservados ao autor
Permitido imprimir, tirar cópias e colocar em boletins informativos, desde que citando a fonte.